terça-feira, 26 de novembro de 2013

Helicóptero que transportava 400 kg de cocaína é de empresa da família do senador Zezé Perrella

Enzo Menezes, com Record Minas

Agentes da Polícia Federal flagraram o transporte de 400 kg de cocaína em um helicóptero na cidade de Afonso Cláudio (ES) no domingo (24). A aeronave pertence a uma das empresas do deputado estadual Gustavo Perrella (Solidariedade), filho do senador Zezé Perrella (PDT). Quatro pessoas foram presas na operação, incluindo o piloto da aeronave, enquanto transferiam a droga para o porta-malas de um carro. Além da droga, foram apreendidos R$ 18 mil em                                                                                                                        dinheiro.

Gustavo Perrella afirmou que denunciou o piloto por furto da aeronave
O helicóptero, do modelo Robinson R66, está registrado em nome da Limeira Agropecuária e Participações Ltda, que é controlada pelo deputado, com sede em Pará de Minas, região central do Estado.
A assessoria do senador Zezé Perrella afirmou que o parlamentar não vai se pronunciar.
Em entrevista coletiva na tarde de hoje em Belo Horizonte, Gustavo Perrella disse que denunciou o piloto por furto da aeronave. Ele afirmou que o funcionário não estava autorizado a usar o helicóptero e que não sabia do uso para o transporte de cocaína. O último contato entre deputado e piloto havia sido na quarta-feira (20), quando o funcionário disse que a aeronave precisava de revisão.
O homem, que ainda não teve o nome divulgado, era funcionário da empresa há um ano e era considerado experiente.
O deputado disse desconhecer relações do funcionário com o tráfico e afirmou que ele foi demitido por justa causa nesta segunda-feira.
A Polícia Militar desconfiou da circulação de helicópteros na região serrana do Espírito Santo há 20 dias e acionou a PF. A aeronave havia decolado em São Paulo